Caio Castro vai processar empresas por uso indevido de imagem após polêmica sobre pagar conta no 1º encontro

Compartilhe Esta postagem

O ator Caio Castro, 33, afirma que vai processar as empresas que estão usando a imagem dele sem autorização para divulgar promoções. O pronunciamento ocorreu após a fala do ator sobre não dividir a conta no primeiro encontro viralizar.

“Todas as marcas e empresas que, indevidamente, usaram a imagem do ator e piloto Caio Castro serão notificadas pelo departamento jurídico do artista, e as indenizações serão destinadas para doação de cestas básicas às famílias carentes”, diz nota divulgada pela assessoria do artista.

Com a repercussão do caso, diversas empresas aproveitaram o “buzz” para usar a imagem e aumentar as vendas. Um dos restaurante que entrou na onda foi o ChurrasBoa. “Oi, gata, vamos fazer um churrasco? Mas traz a carne, porque não sou obrigado a levar sozinho, não”, diz a propaganda. E ainda acrescentou na legenda do post: “Bixo (sic) pão-duro”.

Já o restaurante Toca Pintado, de frutos do mar, em Volta Redonda (RJ), divulgou uma promoção com dois pratos de camarão com a imagem do ator. “Tá tão barato que até o Caio Castro vai pagar”.

Pelas redes sociais, internautas defendem as empresas e criticaram o ator. “Falou um monte e agora vai processar a Toca do Pintado por estar fazendo grana é? Me poupe”, escreveu uma pessoa pelo Twitter. “Coitada da Toca do Pintado”, disse outra.

Uma pessoa ainda sugeriu às empresas para enviarem um convite com tudo para o artista e um acompanhante. “Já que o Caio Castro vai processar as empresas que usaram a polêmica para fazer marketing, se eu fosse o dono da empresa enviava um convite para ele mais acompanhante para visitar o estabelecimento com tudo pago para não dar briga na hora de pagar a conta”.

Caio Castro aproveita onda
O ator também está faturando com a repercussão da polêmica e a fama de pão-duro. Ele fez uma propaganda do aplicativo Duo Gourmet pelo Instagram. “Aí pessoal… chega de polêmica com o Duo Gourmet eu paguei o meu prato e o outro foi de graça”, disse o ator na rede social.

Polêmica da conta
A discussão sobre dividir ou não a conta no primeiro encontro começou após Caio Castro falar a respeito em conversa com Renata Diniz no “Sua Brother Podcast”, no fim de junho. O artista reclamou da “obrigação” de pagar o encontro quando a parceira não toma uma iniciativa.

“Qual a diferença de pagar a conta e ter que pagar a conta? Me incomoda muito essa sensação de ter que sustentar, ter que pagar… Eu não tenho que fazer p*rra nenhuma”, afirmou.

“Faço questão de te chamar para jantar, vou ao banheiro, já pago a conta… Não chega nem conta, já está resolvido… Agora, pediu a conta e não se mexeu e não perguntou nunca, como se eu tivesse esse papel? Você não é minha filha”, completou.

Fonte: BHZ

Postagens relacionadas

Como a LGPD pode afetar o seu negócio

Toda empresa coleta dados, seja de funcionários, parceiros, fornecedores ou clientes. Entretanto, segundo pesquisa realizada pela BluePex, apenas 4% (quatro por cento)[1] das empresas de